quarta-feira

são Cipriano - segredos de são Cipriano

São Cipriano: segredos de são Cipriano

São Cipriano: segredos de são Cipriano


Muitos perguntam:

Mas como se pode estar falando de magia branca e magia negra quando se está falando de Deus?
Pois quando a são Cipriano, eis que no seu ensinamento e conforme o seu ensinamento, assim se pode ler na obra de são Cipriano:

eu, da parte de Deus Omnipotente mando ao demónio que me apareça aqui, (…) sob pena de obediência e preceitos superiores. Eu, pelo poder da magica negra liberal, mando-te, demónio ou Lúcifer, ou Satanás ou Barrabás, que te metas no corpo dessa pessoa

Obra de são Cipriano, versando sobre «Autentico tesouro da magia branca e da magia negra ou segredo da feitiçaria», capitulo 4º, outra mágica do gato preto, Pag 233

Então:

Não escreveu o santo: «da parte de Deus comando o demónio»?

Pois então, assim se sabe:

Tudo esta sob o poder de Deus, e por isso seja em magia branca ou em magia negra eis que Deus é dono e Senhor seja de anjos, seja de demónios, seja de aparições, seja de almas, pois que Deus é Senhor de todos os espíritos, e a magia é coisa do espírito.

E assim sendo:

Não há obra de magia nem do espírito que possa dar fruto se Deus não consentir, e por isso toda a feitura de toda obra de magia e do espírito para ter sucesso tem de ser apelada a Deus conforme os mais superiores preceitos.

Por isso, quando muitos dizem:

Mas vocês falam de Deus e de santos e depois praticam magia negra?

Então:

Cuidai que assim está escrito na obra de são Cipriano:

Este é preceito que não deixa o demónio aparecer-nos, só sendo obrigados por Deus e por todos os santos

Obra de são Cipriano, versando sobre «Poderes Ocultos», capítulo 15º, Pag 192

Pois então:

Apenas os santos tem o poder de comandar ate mesmo ao demónio, e O Único com poder para ordenar e obrigar aos espíritos infernais é Deus.

 E por isso:

A mais portentosa magia negra apenas dará fruto se for clamada aos santo, e a mais valorosa magia negra apenas resultará se for por Deus aceite e outorgada, pois que apenas Deus e os santos tem poder irrevogável e inapelável sobre tais forças espirituais.

Pois por isso – justamente – e assim se pode ler na obra de são Cipriano:

Para o bom êxito, é conveniente que tudo seja feito com o pensamento em Deus

Obra de são Cipriano, forças e poderes ocultos, o poder da cabeça de víbora, capitulo 24, Pag 317

Pois assim ensinou são Cipriano:

Seja magia branca ou negra, toda ela deve ser feita com o pensamento em Deus, pois que apenas com Deus é que a magia negra ou branca dará fruto, e sem Deus nenhuma magia dará fruto.

E por isso:

a chave da magia em são Cipriano é Deus, e é por isso nesse caminho que operamos conforme são Cipriano ensinou.

E assim sendo:

Quando se opera na preta linha da magia negra deste caminho de santo, eis que tudo é feito com o pensamento nos santos, e tudo é oficiado clamando e Deus e observando aos preceitos da Lei da Palavra de Deus, pois que esse é o caminho que são Cipriano ensinou para a boa feitura de qualquer obra do espírito.

Pois por isso – justamente – assim se pode ler na obra de são Cipriano:

Como diz são Cipriano na sua obra secular: Rogo pois, de todo o meu coração, aos praticantes que estudem com atenção estas instruções, para não se exporem ás maldições do Criador, isso, porque havemos de notar que tudo quanto fazemos é em nome de Jesus Cristo»

Obra de são Cipriano; Instruções a todos os religiosos, Pag. 36

Pois então:

Assim ensinou são Cipriano que toda a magia, seja branca ou seja negra, toda ela deve ser realizada apelando ao poder superior de Deus, porquanto tanto anjos como demónios e demais espíritos e aparições apenas operarão as suas obras se Deus quiser e deferir, e por isso apenas  o Altíssimo pode garantir o sucesso de uma magia, assim como apenas o Senhor pode invalidar qualquer intento de artes magicas, e por isso:

tudo o que é feito nas artes magicas de são Cipriano, ( sejam na magia branca, ou seja na magia negra), tudo é sempre feito em nome de Deus, como o coração em Deus, e guiados pela Palavra de Deus, pois que esse é o único caminho que permite aos frutos do espírito florescer e frutificar.

Pois por isso, assim se pode ler na obra de são Cipriano

são Cipriano (…) disse: «(…) quem é que tem mais poder mais poder do que Deus? Ainda hoje me lembro quando um dia eu mandei cair fogo do céu á terra pelo poder Lúcifer, e uma mulher só com dizer – Jesus!- cessou o fogo de cair. Grande é o poder de Nosso Senhor Jesus Cristo!

Obra de são Cipriano, versando sobre «Poderes Ocultos», Capítulo 5º,  Pag 180

Pois assim sendo:

Ate mesmo o mais magnífico dos anjos obedece a Deus, e ate mesmo o mais poderoso dos espíritos se submete ao poder Deus, e por isso ensinou são Cipriano que com Deus toda a magia dará fruto de portento, e porem sem Deus eis que nenhuma magia resultará, e por isso:

é com o pensamento em Deus que se deve operar em toda a magia, pois que sendo branca ou negra toda ela dará resultado se Deus consentir, e porem sem Deus nenhuma obra do espírito é possível edificar, pois que Deus é o Senhor de todos os espíritos, e sem Deus não existe prodígio no espírito.

Pois então:

Foi assim que são Cipriano ensinou, e é por isso assim que estes irmãos anunciam ao mundo.

Pergunta você:

Mas Deus autoriza isto? Mas vocês estão falando do diabo e de Deus? Como isso é possível?

Respondemos:

Até o diabo está sob o poder de Deus, e por isso seja magia branca ou magia negra eis que tudo está sob o domínio de Deus, e isso mesmo ensinou são Cipriano, pois que assim se pode ler na obra de são Cipriano:

«(…) Disse o demónio -  Infelizmente nada possa fazer contra o Deus todo poderoso (…) que se quiser poderá nos impedir de qualquer movimento»

 Obra de S. Cipriano – Pag 22, Capitulo «Nascimento, vida e Morte de S. Cipriano; Cipriano e Clotilde»

Pois assim se sabe:

Todo o tipo de espíritos estão sob o comando de Deus, e por isso seja na magia branca ou na magia negra eis que com Deus todos os prodígios são possíveis, e  porem sem Deus não há prodígio de magia que seja possível.

E por isso mesmo – justamente – também assim diz a obra de são Cipriano:

Não vos digo que não façais pacto com ele,  mas logo que tenhais conseguido o vosso intento, armai-vos de agua benta e lançai-vos nos braços da Santa Igreja

Obra de são Cipriano, Enguerimanços de são Cipriano, capítulo 14, Pag 268

Pois então:

Não vale a pena perder-vos especulando aquilo que apenas a Deus cabe saber, e por isso deixai nas mãos de Deus aquilo que é de Deus, pois Deus é espírito e Deus é misterioso, e por isso quem é o homem para saber aquilo que Deus sabe?, e quem é o homem para condenar e julgar a outrem, se apenas a Deus pertence saber e julgar?

Pois então:

Assim ensina são Cipriano:

Podereis fazer uso seja de artes brancas ou negras, desde que vos submeteis sempre a Deus, e desde que no final vos entregueis sempre a Deus, pois que Deus é O Senhor, e assim fazendo-se então trilhareis sempre em bom caminho

    E porem:

Feito com o ensinamento secreto de santo é infalível, e usando de forma leviana ou desconhecedora do segredo de são Cipriano, então acaba dando em nada ou ate mesmo fazendo ricochete no seu pedido.

Pois por isso:

Quando for para lidar em trabalho de tamanho portento, então chamai aqueles que sabem o saber de são Cipriano, pois que não é ensinamento que se possa lidar com leveza nem desconhecimento.

Assim sendo, olhai que assim diz o ensinamento de são Cipriano:

S. Cipriano, propositadamente, tornava as suas mágicas bem difíceis de preparar, a fim de evitar que caíssem na mão de pessoas ignorantes, ou mal intencionadas

Obra e vida de são Cipriano extraída conforme os ancestrais escritos históricos do Flos Sanctorum, Pag 48
Pois então:

Ensinamento de santo é ensinamento a uns reservado, para que outros dele possam colher bom fruto.

Assim sendo:

Assim fazendo eis que aquele que procura então bom fruto encontrará, e aquele que trabalha então boa obra edificará.




Trabalho de são Cipriano –
 trabalho edificado á distância e por correspondência

Olhai que assim se pode ler na obra de são Cipriano:

eu mesmo vi uma colecção de centena de cartas de agradecimentos que um feiticeiro havia recebido por ter expulso espíritos que perturbavam os habitantes de casas e currais; por haver livrado de feitiços homens e bichos, por haver curado todas as enfermidades imagináveis

O antigo livro de são Cipriano, Pag 13

Pois então:

a missão do «médico» é dar «remédios» contra as «doenças» do «corpo», e a missão de «são Cipriano» é dar «remédios» contra as «doenças» do «espírito», do «amor», das «riquezas», e da «vida.

E assim sendo:

Cumprindo este mandamento eis que assim trabalha o altar de são Cipriano nos remédios e trabalhos de são Cipriano, e eis que assim o altar trabalha por correspondência – neste caso eletrónica – tal como em tempos antigos muitos feiticeiros trabalhavam por correspondência no papel escrito, pois acaso não está escrito no ensinamento de são Cipriano: « eu mesmo vi uma colecção de centena de cartas de agradecimentos que um feiticeiro havia recebido»?

Então:

Trabalhar por correspondência é um dos muito nobres caminhos da feitiçaria que são Cipriano ensina e recomenda.

Pois por isso:

Assim no altar de são Cipriano nesse caminho se trilha e nesse caminho se trabalha para edificar os prodígios do santo, pois que são prodígios seculares, comprovados e assegurados.

Matérias naturais, usadas na preparação de filtros.

Nisto olhai, que assim se pode ler na obra de são Cipriano:

Há muito mistério por trás da simplicidade desta receita

Obra e vida de são Cipriano conforme manuscritos do milenar «Flos Sanctorum», versando sobre «magia para segurar marido», Pag 43

Pois assim sendo:

No remédio de são Cipriano existe uma parte que o santo explica, e porem:

Existe também por detrás uma parte que é segredo e é mistério que apenas ao entendedor cabe entender, pois que é o segredo e é o mistério do santo que garante a feitura garantida do trabalho do santo.

Então:

O que parece fácil não é, e aquilo que o desconhecedor desconhece então não deve ser lidado com desconhecimento para não ir causar pioria que melhoria.

Assim sendo:

Entregai no altar de santo aquilo que é de santo, se de santo se procura o bom e o acertado resultado.

Mais assim se diz:

O livro de são Cipriano pretende ser abençoado, e ele não deve ser praticado por desconhecedores dos segredos do espirito, pois que ali está escrito:

é preciso declarar que não expomos estas receitas diabólicas para que os leitores as pratiquem; deixamo-las aqui porque entendemos ser de utilidade saber-se de tudo quanto é bom e mau (…)alimentamos a esperança que Deus abençoará o nosso livro

Obra de são Cipriano, pag 236

Pois assim se sabe:

As receitas de são Cipriano podem ser por todos lidas, e porem nem por todos devem ser praticadas, pois que não devem aqueles que desconhecem ao segredo dos ensinamentos ocultos de são Cipriano ir meter a mão naquilo que desconhecendo então apenas lhes poderá causar gravoso mal, tanto para si mesmos como para outrem.

E porem também assim sabemos:

O livro de são Cipriano é livro e obra feita sempre clamando para ser abençoada por Deus


Água benta:
Parece simples, e porem não é.
Então:
Há muito mistério por detrás da simplicidade do saber de são Cipriano

Eis que assim se afirma:

Mesmo lendo ao livro de são Cipriano, eis que se fica sabendo que a magia tem segredos, e o segredo é a chave do prodígio, e o segredo deve ser sempre conservado em segredo.

Pois por isso, eis que assim se pode ler na obra de são Cipriano:

Há muito mistério por trás da simplicidade desta receita

Obra e vida de são Cipriano conforme manuscritos do milenar «Flos Sanctorum», versando sobre «magia para segurar marido», Pag 43

Pois assim sendo:

No remédio de são Cipriano existe uma parte que o santo explica, e porem existe também por detrás uma parte que é mistério que apenas ao entendedor cabe entender, pois que é o mistério do santo que garante a feitura garantida do trabalho do santo, e é o mistério do santo que assegura o prodígio e o portento do santo.

Pois então:

Muito daquilo que são Cipriano escreve no seu livro, ele escreve codificadamente para que aquele que desconhece aos mistérios do espírito não vá meter a sua mão naquilo que desconhece, pois que apenas aquele que do espirito conhece o ensinamento então no ensinamento deve lidar.

Pois então:

Olhai que assim se pode ler na obra de são Cipriano:

«Todos os grandes magos, inclusive Jesus, o Cristo, ocultavam a verdade sob parábolas (…) faziam-no propositadamente e, por isso, Jesus costumada dizer:
«Ouçam os que tem ouvidos para ouvir», isto é, «entendam-me os que tem capacidade para me entender», pois os outros não devem mexer com coisas que desconhecem. 

Obra e vida de são Cipriano conforme manuscritos do milenar «Flos Sanctorum», pagina 35-36

Pois assim sendo:

O erro mais comum do observador inexperiente ou desconhecedor das artes do espírito e das obras de são Cipriano, é ir ler aquilo que está escrito «á letra», sem entender que a letra daquilo que está escrito não deve ser lido «á letra» mas sim á luz de um certo saber oculto e espiritual, pois que se está falando de realidades espirituais que devem ser olhadas aos olhos do espírito, e não aos olhos da compreensão mundana.

Por isso mesmo:

Poucos são aqueles que conseguem verdadeiramente extrair dos manuscritos o verdadeiro sentido da feitura das magias, e por vezes nem mesmo entendem para que na verdade certas magias servem.

Pois por isso mais uma vez se afirma:

Mesmo lendo ao livro de são Cipriano, eis que se fica sabendo que a magia tem segredos, e que não deve aquele que desconhece a chave do segredo ir meter a mao naquilo que não conhece, pois isso ao invés de trazer benefício acabará apenas trazendo incomodo, perda e desagrado.

Então:

Quando for para lidar com tais potências e poderes, então entregai na mão daqueles que com tais fórmulas e ensinamentos sabem lidar, pois que apenas assim se garante prodígio de santo
.
Quanto a magia e ao fenómeno magico, eis que assim se pode ler na obra de são Cipriano:

a magia é a arte de submeter as POTENCIAS DA NATUREZA á vontade humana. Entre essas potências há entidades invisíveis, espíritos, génios, evocados mediante fórmulas, orações, encantamentos, talismãs pentáculos, filtros e agentes naturais. (…)
a arte da magia tem de se apoiar na ciência ou no conhecimento não somente da natureza das entidades, como também das PROPRIEDADES DOS ELEMENTOS NATURAIS.

Obra de são Cipriano, capitulo Magia, Pag 222

Assim se sabe:

a natureza está repleta de espíritos e forças espirituais que respondem á sua invocação através de certas fórmulas e elementos naturais.

Então:

Trabalhando nessas formulas como o ensinamento certo, eis que do ensinamento se assegura resultado assegurado.

Mais assim se pode ler na obra de são Cipriano:

Os verdadeiros e eficazes «remédios» são os de que usa a igreja, e estes são:
o sinal da cruz; a invocação dos santíssimos nomes de Jesus e Maria; os exorcismos; os jejuns; as orações; as esconjurações; as relíquias de santos; a bênção das casas; aspersões de água benta

Obra de são Cipriano; Remédios contra os espíritos; Pag 272

Pois então, eis que ensina o santo que há «remédios» «medicinais» para os males do «corpo», ( osremédios da medicina), e os «remédios» «espirituais» para os males do «espírito»  e da «vida», ( os remédios do oculto e do místico).

Pois assim sendo:

A missão do médico é dar os remédios que curam os males do corpo, e a missão de são Cipriano é dar os remédios que curam os males do espírito e os males da vida.

Pois então:

Conforme a missão do médico é administrar o remédio químico ao paciente, pois já a nossa missão é administrar os remédios do espírito, que são os remédios de abençoar ou amaldiçoar em são Cipriano, pois que esses são os remédios espirituais do santo para as doenças do amor, da sorte, das fortunas, das desventuras e da vida em geral.

Então:

Quem quer – de verdade – alcançar cura nas enfermidades e moléstias que afetam a vida – seja no amor, seja na prosperidade, seja seja na sorte, ou seja em que assunto for – então recorrei-vos dos verdadeiros e únicos remédios que com portento e de verdade podem dar solução e resolução assegurada no vosso assunto, e eis que esse são – sem sobra de duvida – os remédios e os trabalhos de são Cipriano.


Alguns mistérios são Cipriano
mistérios de são Cipriano

1-    Cipriano fez pacto com Lúcifer

Assim está escrito na obra de são Cipriano:

Eu, respondeu Lúcifer, aposso-me de Cipriano já que já morreu e ele é meu, em corpo e alma. Assim o temos ajustado

Obra de são Cipriano, Capitulo «são Cipriano e são Gregório tiveram um encontro no qual disputaram acerca da fé católica, ficando são Gregório vencedor e são Cipriano derrotado», Pag 295

Mais assim se pode ler na obra de são Cipriano:

- (…) Respondeu Cipriano, não sabes que pertenço a Lúcifer, porque firmei pacto com ele, e por isso não posso entrar no céu, onde só entram (…)  aqueles que não seguem o caminho do inferno? Então retira-te da minha vista, quando não, usarei dos meus poderes e das minhas artes diabólicas

Obra de são Cipriano, Capitulo «são Cipriano e são Gregório tiveram um encontro no qual disputaram acerca da fé católica, ficando são Gregório vencedor e são Cipriano derrotado», Pag 295

Pois assim sebe:

Cipriano tinha pacto com Lúcifer, e esse pacto é de corpo e alma, e dá poderes e artes infernais.

2-    são Cipriano foi salvo e resgatado por Deus do seu acordo demoníaco.

Embora são Cipriano tenha feito pacto com o demónio, porem dele o santo se livrou para ser um servo de Deus, pois que assim está escrito na obra de são Cipriano:

Dizia são Cipriano, num capítulo de seu livro, que numa sexta-feira, passando por lugar deserto, viu tantos fantasmas em volta de si, que tremeu de susto, e perdeu todas as forças para lhes poder resistir, porem os fantasmas eram bruxas que se queriam salvas.
Logo se chegou uma delas a Cipriano, e disse:
- Salva-nos (…)
- Como vos hei-de salvar?
- Como te salvaste tu, infame?
(…) Cipriano viu diante dele 14 bruxas (…) todas escravas de Lúcifer (…)
- Que desejas? – Perguntou Cipriano
- Queremos salvar-nos, e sermos como tu, escravas do Senhor – Responderam elasem coro

Obra de são Cipriano, versando sobre «Poderes Ocultos», capítulo 11º, Pag 184-185

Pois assim se sabe:
As bruxas são escravas de Lúcifer, e porem elas também podem ser escravas do Senhor se assim quiserem e forem salvas conforme são Cipriano o foi.

3-    são Cipriano se fez passar por clérigo – no seu caso por bispo – para poder praticar as suas artes sem impedimento

Ai! Ai!– disse o pastor – serás porventura o bispo de Cartagena, ou serás Cipriano, o feiticeiro?
Cipriano ouvindo estas palavras, disse para o pastor:
Sossega, sossega, pastor, que não sou o feiticeiro, mas o bispo de Cartagena.
(…)
- Segundo a nossa doutrina – disse no fim o falso bispo – perdoados estão os teus pecados (…) no fim da confissão, são Cipriano, fingindo-se bispo disse ao pastor
pag 288

São Cipriano fez-se passar por clérigo, para ganhar a confiança dos gentios, e assim poder operar as suas maravilhas, fossem de Deus, fossem do Oculto.

4-    O mistério de são Cipriano sobre os dois  deuses

Assim se pode ler na obra de são Cipriano:

o teu Deus é antigo o Rei dos Céus, e eu sou o rei dos infernos. Ele dá a lei aos seus vassalos, e eu dou-a aos meus

Obra de são Cipriano, Enguerimanços de são Cipriano ou prodígios do diabo, capitulo 7º, pag 260

Então: aqui se afirma que existem dois deuses, um deus do céu em um deus do inferno, ou seja, um deus do sol e um deus da lua e dos demais astros obscuros.
Mais assim se pode ler na obra de são Cipriano:
O deus que tu adoras é Lúcifer, e o que eu adoro é um Deus poderoso que criou o Céu e a Terra e tudo mais que o sol domina

Os mistérios da feitiçaria, são Cipriano e são Gregório tiveram um encontro no qual disputaram acerca da fé católica, pag 294

Então: o deus de são Cipriano é um deus, e disso não há dúvida, pois que até mesmo são Gregório o reconhece e o aceita, dizendo a são Cipriano: «o deus que tu adoras é Lucifer».

Já porem:

a questão é que o deus que são Cipriano adora quando diz que crê em Deus, poderá não ser o Deus dos cristãos, que é o Deus que tudo criou e que é o Deus do Céu e do Sol, mas antes é o Deus que domina sobre a lua, sobre os espíritos e sobre a magia, ao contrário do Deus que tudo criou e que é o Deus que – segundo são Gregório – domina sobre o Sol, ou seja, é o Deus da luz, e da Criação.
Assim sendo:
Quando são Cipriano diz crer e adorar a Deus, eis que se coloca um mistério:
ele está-se referindo ao Deus do Sol? – aquelede que fala são Gregório – ou ao Deus das trevas, da lua, dos mistérios do espirito e da feitiçaria?
Eis mistério que tem deixado muitos seculos de debates acalorados entre aquele que defendem que são Cipriano é mártir do Deus cristão, e outros que professam que são Cipriano é mártir de Deus, e porem não do mesmo Deus que os cristãos, ou seja, de um outro Deus, o segundo Deus.

quer um poderoso trabalho de magia?
quer um poderoso trabalho de bruxaria?


escreva para: altar.cipriano@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva-nos.Este é o verdadeiro, original e antigo Altar de S. Cipriano. Comente as nossas matérias, coloque as suas orações, fale sobre as graças que são Cipriano já lhe concedeu, ou que você quer ver acontecer na sua vida. Use deste espaço com crença e respeito, pois é um espaço dedicado ao culto místico e religioso de São Cipriano e Bruxa Évora.Para encomendar trabalhos, escreva para: altar.cipriano@gmail.com
Obrigado por nos visitar! Volte diariamente!